percentual

Qual o Percentual Ideal de Poupança Mensal?

Uma pergunta que muitas pessoas se fazem quando começam a poupar é sobre o percentual que devem economizar mensalmente e eu te digo que há todo tipo de consenso e cifra encontrados no reino da internet. Não se desespere, porque aqui eu te dou uma reposta que casa exatamente com seu estilo de vida.

Para começar, um ponto muito importante é entender um pouco mais sobre você, especialmente em qual fase da vida você se encontra. Ter a sua localização atual clara ajuda a saber qual o melhor caminho a seguir para melhorar sua saúde financeira e, além disso, te evita poupar mais ou menos do que sua condição permite, ajudando também a direcionar melhor seus investimentos.

A seguir, eu mostro três fases diferentes e você certamente vai se identificar com uma delas, mas independentemente de onde esteja, é muito importante levar em conta de que não existe um percentual ideal. O que é ideal é o que se adequa a sua realidade!

Se você está começando, invista na sua carreira

Se você é jovem, está no início de sua produtividade e começando a se estabelecer em sua vida profissional, a melhor opção de investimento não é necessariamente uma poupança. Investir na sua carreira e na melhoria das suas capacidades profissionais pode ser mais adequado do que poupar imediatamente. Uma especialização, um curso técnico, uma pós, podem ser alternativas que, no longo prazo, vão te trazer mais rendimentos em potencial do que uma poupança traria.

Responsabilidade, família e filhos

Em um momento um pouco mais estabelecido de sua carreira, você pode formar uma família, viver com um parceiro, cuidar dos pais e criar filhos. Nesse momento, o foco de suas finanças muda para essas incumbências, que geram mais despesas do que você possuía na fase anterior, onde investia em profissionalização. Mesmo assim, ainda pode ser que você tenha algum dinheiro sobrando no final do mês, o que faz dessa fase o momento ideal para se começar a poupar, a criar o hábito de juntar de pouco em pouco. Embora você não vá poupar um percentual muito alto, esse período é essencial para estabelecer essa cultura para o próximo momento da sua vida.

Maturidade e Independência

A terceira fase é onde os filhos cresceram, a profissão está consolidada, os ganhos já são altos e não há tantas preocupações com as finanças. Nesse momento, a cultura de poupar já deve estar estabelecida, pois aqui é possível para algumas pessoas poupar até metade dos seus rendimentos! Viajar com tranquilidade, explorar uma carreira diferente, estudar aquilo que sempre teve vontade, com a poupança preparada, tudo isso pode ser possível.

Para que tudo isso dê certo, o hábito de poupar deve ser estabelecido durante essas fases da vida. A prática e a repetição ajudam a estabelecê-lo, além do entendimento sobre a fase em que você se encontra também ser fundamental para guiar esse processo.

Ótimo! Chegamos até aqui e você me diz que é um profissional liberal, que tem uma renda variável, que não consegue poupar a mesma coisa todo mês! Não tem problema, porque um dos piores inimigos de todo esse processo é a pressão colocada em cima da necessidade de poupar o ideal todo mês. Vá com calma, entenda que nessa situação nem sempre é possível e seja consciente de suas finanças.

Compartilhe o artigo nas suas redes sociais.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Vinicius Machado

Vinicius Machado

Economista pela Federal do Rio Grande do Sul e com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro. Durante a minha carreira sempre me encantei com atendimento direto às pessoas e aprendi a pensar as finanças além dos números, afinal, indivíduos não se resumem em suas metas e rentabilidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *