Captura de Tela 2020-12-03 às 00.25.40

O que é o PIX?

Uma revolução da tecnologia financeira no Brasil está em curso e é o primo mais novo da TED e do DOC o grande responsável por ela. O nome dele é PIX, que é uma marca criada pelo Banco Central para realização de transferências monetárias eletrônicas de maneira instantânea e aqui nesse post eu vou te explicar como funciona e como você pode tirar proveito dele.

Pra começo de conversa o PIX é instantâneo, é quase como uma forma de depósito que cai rapidamente em sua conta bancária e que de acordo com o Banco Central em questão de segundos os fundos estão disponíveis. Além de ser muito seguro, pois todo o trâmite é autenticado digitalmente, ele funciona de ponta a ponta e tem como proposta ofertar uma forma de pagamento dinâmica que possa competir com as transações tradicionais que são mais lentas, como boletos, TED, DOC e até mesmo pagamentos de compras ou serviços.

As transferências via PIX podem ser realizadas a qualquer momento, 24 horas por dia, sete dias por semana, aos sábados, domingo e nos feriados também. Além da velocidade no recebimento dos valores e a possibilidade de fazer as transferências a qualquer momento, o PIX também pode possibilitar uma troca mais simples de dados na hora de fazer as transferências. Ao invés do conjunto número da conta, agência, nome e CPF, pode ser utilizada apenas a chave do PIX que é o CPF, um endereço de e-mail ou um número de telefone para realizar as operações. Só precisa ter um desses dados e você consegue depositar na conta do destinatário.

O PIX estará disponível para uso a partir de Novembro, e não é necessária a abertura de uma nova conta bancária para poder usar o serviço. Você só precisa entrar em contato com o seu banco, pelo app ou por telefone e solicitar o cadastro no PIX. Muitos bancos já estão disponibilizando o pré-cadastro e você pode se adiantar e já estar preparado para receber pagamentos e depósitos instantâneos fazendo esse cadastro com antecedência, só tenha certeza de que seu aplicativo está atualizado e que seu banco já disponibiliza o serviço de pré-cadastro.

Caso você possua mais de uma conta bancária, vai ser necessário ter uma chave do PIX para cada uma das contas nas quais queira utilizar o serviço, além da chave precisar ser diferente para cada conta. Por exemplo, você é correntista no Banco Bradesco e no Nubank, para a conta do Bradesco você pode usar o seu número de telefone e para a conta do Nubank o seu CPF, ou vice-versa. Além das chaves, códigos QR (cujo padrão criado pode ser acessado até mesmo pelos celulares mais simples) e tecnologias como NFC também podem ser utilizadas com o PIX.

Para complementar, eu deixo aqui os links do Nubank e do Banco Central com as informações sobre o PIX. E caso tenha alguma dúvida sobre finanças, tributos ou investimentos me acompanhe aqui no blog, no Instagram e no Youtube para ficar ligado em dicas e soluções práticas e fora da caixinha para sua vida financeira.

Compartilhe o artigo nas suas redes sociais.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Vinicius Machado

Vinicius Machado

Economista pela Federal do Rio Grande do Sul e com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro. Durante a minha carreira sempre me encantei com atendimento direto às pessoas e aprendi a pensar as finanças além dos números, afinal, indivíduos não se resumem em suas metas e rentabilidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *